SINDICATO DOS TRABALHADORES DE SERVIÇOS DE PORTARIA, VIGILÂNCIA, LIMPEZA, DOMÉSTICAS E ACTIVIDADES DIVERSAS

PORTO DE LEIXÕES/APDL

ANULADA A GREVE E CONCENTRAÇÃO
DE
DIA 27.JUNHO – 5ª FEIRA!

 

A LUTA CONTINUA,

PELO CUMPRIMENTO DO CCT DO STAD

(CLÁUSULA 42ª. -TRABALHO EM DIA FERIADO)

VAMOS CONTINUAR A COMBATER A RONSEGUR COM TODAS AS “ARMAS” – VAMOS PARA TRIBUNAL EXIGIR OS DIREITOS DO NOSSO CCT!

VENCEREMOS!!!

COLEGA E CAMARADA

O STAD tentou seriamente resolver através do Diálogo Social com a RONSEGUR o grave problema laboral que existe no nosso local de trabalho (aplicação da Cláusula 42ª – “Trabalho em Dia Feriado”).

Como não foi possível resolver através do Diálogo Social, convocou-se uma greve e concentração para o dia 27.Junho – 5ª. feira (amanhã).

Porém, certos que temos TODA a razão, porque o nosso CCT atribui este importante direito aos trabalhadores e estudado profundamente o assunto com os Serviços de Acção Jurídica do STAD, concluiu-se que seria mais eficaz colocar o problema no Tribunal do Trabalho!!!

 

COMPANHEIRO E COMPANHEIRA

Com esta forma de luta, ou seja, recorrendo à LUTA JURÍDICA, os trabalhadores e trabalhadoras da RONSEGUR não utilizam a sua grande FORÇA e total DISPONIBILIDADE numa luta sindical neste momento e canalizam toda a sua energia para o processo de revisão do Contrato Colectivo de Trabalho que se vai iniciar muito em breve.

AMIGO E AMIGA

Assim, neste contexto, depois de auscultados os trabalhadores e trabalhadoras, que concordaram,

O STAD, ANULA A LUTA (GREVE E CONCENTRAÇÃO)

A REALIZAR AMANHÃ, DIA 27.JUNHO.

MAS, ATENÇÃO, A LUTA CONTINUA, AGORA ATRAVÉS DA

LUTA JURÍDICA EM TRIBUNAL DE TRABALHO - VENCEREMOS!

CAMARADA E COLEGA,

O STAD afirma que esta luta é somente contra a RONSEGUR e não é contra a APDL, apesar de, como é natural, ser o cliente que sofrerá indirectamente as consequências – mas a responsabilidade disso suceder é totalmente da RONSEGUR!!!

O STAD aproveita esta ocasião para transmitir que, ao contrário do que dizia um boato posto a correr na APDL nos últimos dias por um dirigente de uma outra pretensa organização sindical, não existem razões para preocupações em como a APDL poderia tomar uma posição contra a nossa justa luta!

A APDL conhece a Lei, o nosso CCT, os nossos direitos, é uma entidade responsável e nunca esteve contra as posições correctas dos trabalhadores e trabalhadoras (como é este o caso!) - e, certamente, estamos certos, também não o faria desta vez nem o fará no futuro!!!

UNIDOS, ORGANIZADOS E EM LUTA (JURIDICA), NO STAD VENCEREMOS!

SINDICALIZA-TE NO

 STAD – FORÇA SINDICAL!!!

N 73 Ronsegur APDL anulacao GREVE 28062024

CÂMARA MUNICIPAL DO PORTO

O STAD DENÚNCIA:

AINDA NÃO TIVEMOS AUMENTO DO SALÁRIO DE 2024 – MAS A PROTEÇÃO TOTAL JÁ RECEBEU DO CLIENTE!

A PROTEÇÃO TOTAL ENGANA A CM.PORTO E ENCHE

OS BOLSOS ENQUANTO OS VIGILANTES EMPOBRECEM!

É UMA VERGONHA DESCARADA – NÃO PODE SER!!!

A LUTA CONTINUA – VENCEREMOS!!!

CAMARADA E COLEGA,

Recordamos que, a 15.Novembro.2023, a PROTEÇÃO TOTAL assumiu a continuidade do serviço da vigilância privada na CM.PORTO, devido à PRESTIBEL não ter aceite a transmissão de mais de uma centena de trabalhadores.

A CM.PORTO tomou uma posição legal e responsável, aplicando o principio da “responsabilidade solidária” e adjudicou o contrato, garantindo a continuidade do serviço de forma legal, à PROTEÇÃO TOTAL.

Esta posição engrandeceu a CM.PORTO pois representou o seu respeito pelos trabalhadores vigilantes, ou seja, a CM.PORTO não compactuou com a PRESTIBEL na sua posição ilegal, irresponsável e indiferente dos direitos dos trabalhadores vigilantes que prestam serviço de forma zelosa e competente há dezenas de anos…!!!

COMPANHEIRO E COMPANHEIRA,

Mas, camaradas, MUITA ATENÇÃO - numa reunião realizada no passado dia 12.Junho entre o STAD e o responsável da CM.PORTO, tomámos conhecimento que, no momento da adjudicação do serviço, a PROTEÇÃO TOTAL pediu mais dinheiro pelo serviço à CM.PORTO, alegando que se prespectivava um aumento na tabela salarial do CCT VIGILÂNCIA PRIVADA / 2024.

E a CM.PORTO, mais uma vez de forma legal, aceitou o argumento e aumentou o serviço!

Porém, até ao momento, os trabalhadores e trabalhadoras vigilantes ainda não receberam os aumentos de 2024! Ou seja,

A PROTEÇÃO TOTAL ENGANA A CM.PORTO E ENCHE

OS BOLSOS ENQUANTO OS VIGILANTES EMPOBRECEM!

O STAD PERGUNTA DIRECTAMENTE À PROTEÇÃO TOTAL:

ONDE ESTÁ O NOSSO AUMENTO – ONDE ESTÁ O DINHEIRO?

COLEGA E CAMARADA

A PROTEÇÃO TOTAL alega que a PORTARIA DE EXTENSÃO do CCT VIGILÂNCIA PRIVADA / 2024 ainda não foi publicada, e por isso, não está legalmente obrigada a atualizar as tabelas salariais!!!

Este é uma meia verdade! Legalmente, é assim, mas a verdade real é que esta é uma manha da PROTEÇÃO TOTAL pois já recebeu os aumentos mas não atualizou os salários.

Ou seja, a PROTEÇÃO TOTAL faz-se de sonsa – mete na tesouraria o dinheiro que recebe todos os meses da CM.PORTO enquanto os trabalhadores vigilantes passam muitas dificuldades!!!

O STAD afirma:

ESTA ACÇÃO DA PROTEÇÃO TOTAL É UMA VERGONHA DESCARADA!

NÃO PODE SER – ESTAR A “GOVERNAR-SE” COM OS NOSSOS AUMENTOS!!!

COLEGA E AMIGO,

Esta acção da PROTEÇÃO TOTAL tem ainda uma outra consequência – a discriminação!

O serviço de vigilância da CM.PORTO é prestado por duas empresas, mas há uma que faz discriminação salarial – mas que recebe correcta e mensalmente a factura da CM.PORTO!

A RONSEGUR, paga o salário de vigilante de 912,53€ e um subsídio alimentação de 7.05€/dia, enquanto a PROTEÇÃO TOTAL paga 864.96€ de salário e subsídio alimentação 6.68€/dia!!

ISTO É DISCRIMINAÇÃO! OS VIGILANTES ESTÃO REVOLTADOS COM ESTA INJUSTIÇA SALARIAL E TÊM TODA A RAZÃO - A PROTEÇÃO TOTAL ENGANA A CM.PORTO, ENCHE OS BOLSOS E FAZ DISCRIMINAÇÃO SALARIAL!!!

CAMARADA E COLEGA

Contra esta clara falta de respeito pelos vigilantes, que sempre dignificaram com o seu zelo e responsabilidade o serviço prestado, OS TRABALHADORES EXIGEM RESPEITO E JUSTIÇA!

A PROTEÇÃO TOTAL tem o dever moral de actualizar imediatamente os salários, utilizando o dinheiro que pediu e recebe mensalmente da CM.PORTO!!

Por esta razão, certos que temos toda a razão, sem temor e cheios de confiança,

VAMOS À LUTA CONTRA A PROTEÇÃO TOTAL!!

QUEREMOS OS NOSSOS AUMENTOS!

NÃO ACEITAMOS SER DISCRIMINADOS!

TEMOS DIGNIDADE - EXIGIMOS RESPEITO!

 

STAD- A FORÇA SINDICAL!

comunicado protecao total

PORTO DE LEIXÕES/APDL

GREVE E CONCENTRAÇÃO DE DENÚNCIA E PROTESTO

PARA EXIGIRMOS À

RONSEGUR O CUMPRIMENTO DO CCT DO STAD:

* CLÁUSULA 42ª - “TRABALHO EM DIA FERIADO “

* EXISTÊNCIA DE ESCALAS LEGAIS

DIA 27.JUNHO – 5ª FEIRA!

GREVE

CONCENTRAÇÃO

24 HORAS (1 DIA)

DAS 00H00 DE DIA 27/06/2024

ÁS 24H00 DE DIA 27/06/2024

DAS 10H00 ÀS 12H30

LOCAL: PORTO DE LEIXÕES

EM FRENTE À CAPITANIA

VAMOS COMBATER COM TODAS AS “ARMAS” A

RONSEGUR – EXIGIMOS OS NOSSOS DIREITOS!

COLEGA E CAMARADA

O STAD tentou seriamente resolver através do Diálogo Social com a RONSEGUR os graves problemas laborais que existem no nosso local de trabalho (aplicação da Cláusula 42ª – “Trabalho em Dia Feriado” e da elaboração de Escalas feitas de forma legal).

Infelizmente, ainda não foi possível resolver estes problemas – e foi isso que nos obrigou a recorrer a formas de luta fortes – uma GREVE e uma CONCENTRAÇÃO DE DENÚNCIA E PROTESTO!

Porém, temos toda a confiança que os nossos problemas serão solucionados- portanto,

TODOS E TODAS A PARTICIPAR NA

GREVE E CONCENTRAÇÃO DE DENÚNCIA E PROTESTO

DIA 27.JUNHO – 5ª FEIRA!

GREVE

CONCENTRAÇÃO

24 HORAS (1 DIA)

DAS 00H00 DE DIA 27/06/2024

ÁS 24H00 DE DIA 27/06/2024

DAS 10H00 ÀS 12H30

LOCAL: PORTO DE LEIXÕES

EM FRENTE À CAPITANIA

UNIDOS, ORGANIZADOS E EM LUTA,

NO STAD – VENCEREMOS!

SINDICALIZA-TE NO

STAD - FORÇA SINDICAL!!!

Ronsegur GREVE Concentr 28062024 a2

Pág. 1 de 59

SEDE NACIONAL E DELEGAÇÃO DE LISBOA

Rua João da Silva Nº20

1900-098 LISBOA

Tel. 21.3463756 .3475596/9

Fax. 21 3475590

E-mail: stad_nacional@stad.pt

© 2023 STAD - Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Actividades Diversas