SINDICATO DOS TRABALHADORES DE SERVIÇOS DE PORTARIA, VIGILÂNCIA, LIMPEZA, DOMÉSTICAS E ACTIVIDADES DIVERSAS

Foi publicado em 24-04-2019, no Diário da Assembleia Republica, o texto da nova lei da segurança privada que vai regulamentar o sector:

  • algumas matérias gravosas do projecto inicial foram eliminadas;
  • outras matérias importantes da proposta do STAD foram incorporadas;
  • porém, outras matérias também relevantes, não foram aceites!

LER COMUNICADO AOS TRABALHADORES VIGILANTES DO SECTOR DA VIGILÂNCIA PRIVADA

 

Porque a Provise definitivamente não quer resolver os graves problemas dos trabalhadores e os organismos competentes não actuam, chegou o momento de tomarmos uma decisão.

O STAD convoca

UM PLENÁRIO DE TRABALHADORES (AS)

DIA: 5.07.19 / 6ª Feira           HORA: 09h30/12h30 – 16h00/18h00

LOCAL: UNIÃO DOS SINDICATOS DE SÃO MIGUEL E STA MARIA

Rua do Peru nº 101 – Ponta Delgada

É inaceitável que ao dia 24 de Junho a Provise ainda não tivesse pago aos trabalhadores os salários referentes ao mês de Maio.

 LER CONVOCATÓRIA DO PLENÁRIO DE TRABALHADORES (AS) VIGILANTES DA PROVISE NA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES

 

O STAD reuniu no dia 12 de Junho no Ministério do Trabalho, mas a Eulen faltou à reunião. Apesar disso, por escrito, informou que vai aplicar o CCT na Autoeuropa.

A EULEN em cima da hora informou por escrito o STAD e o Ministério do Trabalho que não lhe era possível estar presente na reunião e remeteu para o Ministério do Trabalho a referida acta devidamente assinada. A EULEN informou também, por escrito, que concordava proceder à aplicação do CCT publicado (aumento salarial) no BTE, nº. 48, de 29/12/2018 aos trabalhadores afetos à empresa no cliente AUTOEUROPA.

O STAD por sua vez tomou a seguinte posição – o CCT não deve ser aplicado somente aos trabalhadores da empresa que prestam serviço no cliente AUTOEUROPA mas, também, a todos os restantes trabalhadores da EULEN.

LER COMUNICADO AOS TRABALHADORES VIGILANTES DA EULEN

 

 

 

A nova cláusula 14ª. do CCT – sucessão de posto de trabalho é muito importante:

• reduz fortemente a precariedade;

• eleva a dignidade do(a) trabalhador(a;)

• combate o dumping social!

Procedimentos a serem tomados pelo (a) trabalhador (a) quando existir uma mudança de empresa no cliente em que trabalha.

1. informar o STAD sempre que exista uma mudança de empresa no cliente onde trabalha!

2. nenhum(a) trabalhador(a) deve assinar qualquer documento, em particular, um contrato a prazo, sem se informar primeiro com o STAD!

3. se os teus direitos não forem cumpridos pela nova empresa que fica no teu cliente, especialmente se pretender que assines um contrato a prazo, deves imediatamente recusar terminantemente e dirigir-te ao STAD, trazendo a cópia do teu recibo para que o teu problema seja tratado!

LER COMUNICADO AOS TRABALHADORES E TRABALHADORAS VIGILANTES DO SECTOR DA VIGILÂNCIA PRIVADA

frame VILIGANCIA GERAL 01

Tags:

Porque a PSG não quer pagar o aumento salarial referente ao mês de Janeiro de 5% estipulado no CCT/2019, convoca-se um plenário de trabalhadores (as) vigilantes da empresa PSG

 STAD / LISBOA
DATA: 4.04.2019 / 5ª Feira
HORA: 11H00 / 12H00 – 16H00 / 17HOO
LOCAL: Rua de São Paulo, Nº.12 – 1º

 STAD / D.R. PORTO
DATA: 4.04.2019 / 5ª Feira
HORA: 11H00 / 12H00 – 16H00 / 17HOO
LOCAL: Praça Carlos Alberto, 123-3º

LER AOS TRABALHADORES VIGILANTES DA PSG

27102016 L1024713

Sede Lisboa

© 2018 STAD - Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Actividades Diversas