SINDICATO DOS TRABALHADORES DE SERVIÇOS DE PORTARIA, VIGILÂNCIA, LIMPEZA, DOMÉSTICAS E ACTIVIDADES DIVERSAS

unnamed

COM GRANDE SOLIDARIEDADE NACIONAL

E INTERNACIONAL,

NO DIA 9.NOV.2018 – SEXTA-FEIRA

 

DIA DE LUTA NACIONAL DA LIMPEZA INDUSTRIAL

Hospitais, Transportes, Universidades, Centros Comerciais, Fabricas, escritórios, etc, vão ficar sem limpeza!

  • GREVE NACIONAL
    UM DIA = 24 HORAS
    Das 00:00 horas às 24:00 horas

  • CONCENTRAÇÃO NACIONAL ÀS 14:30H
    SEDE DA ASSOCIAÇÃO PATRONAL,
    RUA CONDE REDONDO, Nº 76

COM A PRESENÇA SOLIDÁRIA E FRATERNAL DE:
CONCENTRAÇÃO E PARTIDA DO PARQUE EDUARDO VII, ÀS 14:00 HORAS,
EM DESFILE ATÉ À ASSOCIAÇÃO PATRONAL

ARMÉNIO CARLOS, Secretário-geral da CGTP-IN;

EDDY STAM - da UNIGLOBAL - Federação Mundial dos Serviços, Suíça;

JESUS BEJARda Confederação Sindical Comissiones Obreras, Espanha;

CARLOS PEREIRA - da Confederação Sindical OGBL, Luxemburgo.

 

DIA DE LUTA NACIONAL DA LIMPEZA INDUSTRIAL

PELA REVISÃO DO CONTRATO COLECTIVO DE TRABALHO!

PELO CUMPRIMENTO DOS DIREITOS LABORAIS!

PELO RESPEITO DA DIGNIDADE DE QUEM TRABALHA!

No próximo dia 9.Novembro, sexta-feira, os trabalhadores e trabalhadoras da Limpeza Industrial vão continuar a luta histórica que fizeram no passado dia 22.JUN.2018.

Estes trabalhadores voltam à luta amanhã, dia 9.Novembro, porque os patrões continuam intransigentes e negociar a revisão do Contrato Colectivo de Trabalho (CCT) do Sector da Limpeza Industrial, realizando uma GREVE NACIONAL de 24 horas e uma CONCENTRAÇÃO NACIONAL de protesto, denuncia e repudio ás 14:30 horas, na sede da associação patronal, em Lisboa.

Este DIA DE LUTA NACIONAL tem a SOLIDARIEDADE FRATERNA de organizações sindicais nacionais e internacionais que, com a sua presença amiga, se associam aos objectivos da luta e transmitirão aos trabalhadores e trabalhadoras de limpeza industrial de Portugal o total apoio dos trabalhadores portugueses, transmitido pelo Secretário-geral da CGTP-IN, espanhóis (CCOO), luxemburgueses (OGBL) e dos serviços de todo o Mundo (UNIGLOBAL), que se deslocam propositadamente a Portugal para intervirem nesta acção.

Recordamos que, desde há 14 anos, que a associação patronal (APFS – Associação Portuguesa de Facility Services) recusa negociar com o STAD a revisão deste CCT, desculpando-se que está caducado, apesar do Ministério nunca ter declarado tal caducidade mas, principalmente, existirem inúmeras sentenças de processos em tribunal favoráveis aos trabalhadores e que condenam os patrões, o que destrói o seu argumento falacioso!

Estes processos devem-se a que o patronato não cumpre importantes direitos contratuais dos trabalhadores, especialmente o pagamento das horas nocturnas a 30% e a 50%; o pagamento do pagamento dos feriados a 100% e a concessão de um dia de folga compensatória; o pagamento dos domingos, quando trabalhados, com acréscimo de 16% sobre a remuneração mensal e o pagamento desse acréscimo nos Subsídios de Férias e de Natal; a violação do direito ao local de trabalho através de transferências abusivas feitas pelos patrões.

È neste quadro que os trabalhadores e trabalhadoras da limpeza industrial realizaram no passado dia 22.6.2018 uma primeira luta nacional e que, agora, vão realizar esta NOVA LUTA NACIONAL - para exigirem que o patronato da Limpeza Industrial negoceie a revisão do Contrato Colectivo de Trabalho, cumpra os direitos laborais e respeite a sua dignidade!

<![if !supportLists]>·         <![endif]>A GREVE DE 24 HORAS abrange todos os locais de trabalho, com incidência especial nos hospitais, transportes (aeroportos, comboios, metropolitanos), grandes superfícies e instalações fabris e de escritórios.

  • A CONCENTRAÇÃO NACIONAL, para a qual se espera milhares de participante, centenas deles vindos de Norte a Sul de Portugal, será um momento alto de denúncia, protesto e afirmação de dignidade dos trabalhadores e trabalhadoras da Limpeza Industrial.

No Sector da Limpeza Industrial trabalham aproximadamente 35.000 trabalhadores, a maioria do género feminino.

Pág. 1 de 4

© 2018 STAD - Sindicato dos Trabalhadores de Serviços de Portaria, Vigilância, Limpeza, Domésticas e Actividades Diversas